terça-feira, 6 de outubro de 2015

A necessidade de se apegar à algum herói!

Não sei se tem a ver com o fato de termos sido colonizados por um país que nos deixou heranças negativas e descendermos deles (Portugal) ou não, porém sinto que o povo brasileiro (cordial) sempre necessita de um herói para idolatrar, foi assim quando Lula surgiu como alguém que representasse o povo e fosse contra os empresários (tomamos na"tarraqueta", até porque ele se bandeou com empresários), foi assim com Joaquim Barbosa (que não sei dizer se fez ou não seu trabalho com êxito) e agora está sendo com Sérgio Moro.
Diversos são os relatos idolatres à Moro (e nem sei ao certo o porquê, não fui à fundo saber), basta ir-se ao YouTube que pode-se ver diversos vídeos de aplausos, disso e daquilo. Mesmo que ele tenha agido certo, que tenha feito o trabalho correto, pra que idolatrá-lo? O problema (pra mim) não está no fato de idolatrarem-no em si, mas sim o fato de as pessoas o idolatrarem sem terem a mínima ideia do porquê de estarem fazendo isso. É como 10 cachorros que latem perto de 20 cachorros cegos, eles não sabem do que se trata, porém como é moda, eles latem também (e até mais alto).
Como assim alguém que faz o certo torna-se o excepcional e alguém que faz o errado torna-se a moda (o comum)? Está errado isso, fazer o certo deveria ser o normal. Sabem aquela história de "1000 acertos 1 elogio, 1 erro 1000 condenações"? Então, pra mim isso é conversa fiada. Fazer o certo é obrigação, ninguém tem que te elogiar porque você faz o certo, agora se você faz o errado tem que ser condenado sim, simples assim.
Por fim, não tenho nada contra o Sérgio Moro, até porque o mito ALBORGHETTI já havia lhe referenciado em 2006 e ninguém deu ouvidos, mas agora que a "grande mídia" mostra, todos ouvem. Viva Moro, viva Barbosa e viva a puxação de saco dos brasileiros. Isso me irrita de um jeito inexplicável (o fato de eu não conseguir explicar me deixa louco, parece que preciso jogar meu sentimento pra fora mas não consigo). Espero que um dia isso mude, porque eu amo o Brasil, ou então que eu consiga ficar rico pra sair daqui sempre que a ignorância de algumas pessoas volte a me atormentar. O próximo texto vai ser sobre o Eduardo Cunha (PMDB-RJ) Presidente da Câmara dos Deputados que hoje é pichado porque a moda é pichá-lo. A globo conseguiu isso, ela joga no alto quem quiser e derruba quem quiser. Não sei se ele errou ou não, porém não vou xingá-lo sem saber do que se trata e sem que haja trânsito em julgado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário